Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

COSMéTICAS.net

o «ESPAÇO» onde nem tudo o que parece é... música para os ouvidos !?

COSMéTICAS.net

o «ESPAÇO» onde nem tudo o que parece é... música para os ouvidos !?

Estou Fadado ! J'ai un coup de Blues !

06.11.10 | PortoMaravilha

 

Le Fado semble continuer à se libérer de ses démons salazaristes !

Depuis le 25 avril, plusieures tentatives ont réussi à libérer le Fado du carcan salazariste ou fasciste.

Rão Kyão a été le premier.

Zambujo suit les mêmes traces. Du Brésil jusqu'au Portugal ou vice-versa.

Il n'est jamais simple de traduire : Mais "un coup de blues" veut bien un "Estou Fadado"...

Suivent les choix Emmanuelle Honorin dans la révue Géo :

 

A lire:

 

Source : Géo, oct 2010, p. 138

Nuno

 

 

[clicar para aumentar / cliquez pour agrandir]

 

Durante anos, o Fado foi instrumentalizado pelo salazarismo que lhe roubou a sua história e memória.

Penso que o primeiro a dar de novo voz ao Fado, a lembrar que este é improvisão e variação foi Rão Kyão...

O que é certo é que, após o 25 de Abril de 1974, a sociedade Portuguesa, quer se queira ou não, nunca mais será estática.

 

A revista, Géo, publicação de grande difusão em França, apresenta, em destaque, nas suas escolhas musicais, o artista em vista : António Zambujo.

Nunca é fácil traduzir : Mas acho que a expressão Francesa bem educada, "J'ai un coup de blues", para exprimir estou triste e sem eira nem beira, em nada ficaria a dever à espressão Portuguesa "Estou Fadado" que ainda estará para inventar ? ....

Se o Blues é arte porque não o Fado ?

Segue em integralidade as escolhas de Emmanuelle Honorin, na revista Géo.

Leia-se o texto.

 

Fonte : Géo, out de 2010, p.138

Nuno

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.