Le livre de Franck Chaumont, en vente depuis peu, a le mérite de montrer que les homosexuels restent condamnés à la clandestinité dans les quartiers sensibles. L'oeuvre de F. Chaumont rompt le silence et libere la parole des gays, hommes et femmes, des cités.

 

Des passages :

 

"Les homos bcbg font campagne pour les gays en Iran, mais se foutent de ceux qui crèvent à 10 Km de chez eux" .

"J'aime pas les pédés qui s'assument. Ça doit rester discret, comme ça l'est chez nous depuis la nuit des temps".

 

Dans les quartiers aisés, les homos sont victimes de violence psychologique. Dans les cités, il y une très grande violence à l'égard des homos: passages à tabac, viols, mutilations ...

 

Un livre à lire:  Homo-ghetto. Gays et lesbiennes dans les cités: les clandestins de la République".

E Viva o Porto !


O livro de Frank Chaumont, "Homo-Ghetto" , nas livrarias desde há poucos dias, tem o mérito de tocar um aspecto que é, deliberadamente ou não, esquecido. Se, na sociedade Francesa, os homosexuais ganharam direitos e visibilidade, em contrapartida, nos subúrbios pobres continuam na clandestinidade. Note-se que, nestes bairros, o Islão tradicionalista é a religião mais representada.

 

Frank Chaumont deu a palavra a homens e mulheres das "cités". Libertou a palavra, quebrando tabus. Eis algumas passagens da obra :

 

"Os homos chic fazem campanhas em favor dos gays do Irão, mas estão a se cagar para aqueles que morrem a 10 km deles".

"Não gosto dos paneleiros que se assumem. Isso deve ficar discreto como sempre o foi entre nós, desde a noite dos tempos".

"Quando és lésbica, os gajos dizem-te coisas do género : "Não queres experimentar comigo? ".

"Essas safaram bem ! Pelo menos, não foram violadas".

 

Se nos bairros abastados a violência contra os homos é sobretudo psicológica , já nos bairros populares a violência é , sobretudo, física (espancamentos, violes, mutilações ... Segundo o autor, nas zonas rurais não existem agressões. Os homossexuais são postos de lado.

 

Um livro a ler : "Homo-ghetto. Gays et Lesbiennes dans les cités: les clandestins de la République".

 

E Viva o Porto !

por PortoMaravilha | link do post
Estranha coincidência. Hoje o conceituado diário "Libération" abre a sua capa e as suas três primeiras páginas ao tema da adopção homesexual.

Acabo agora de ver e ler o referido diário. Quando se lê o livro de Chaumont e se lê hoje o "Libération", apenas podemos pensar que existem duas Franças ( ou mais ? ) .

Fica a referência quanto à concidência .

E Viva o Porto !
PortoMaravilha a 12 de Novembro de 2009 às 19:22
Bóx tendex um paix todo prá frentex! Uh, lá lá!!
Olha, O Telejornal da RTP1 acabou agora de dar uma reportagem sobre a equipa de Futebol Paris Foot Gay. São coincidências a mais, ou melhor, lobies... lol
MrCosmos a 12 de Novembro de 2009 às 20:57
É ! a Rtp deve andar atrasada . Como hábito !

Essa estória passou-se em Outubro e foi publicada no "Libération" e na "So Foot" on line.

O que é certo, basta consultar os arquivos da "so foot " on line , para saber quem recusou jogar contra uma equipa composta por gays.

E Viva o porto !
PortoMaravilha a 12 de Novembro de 2009 às 22:18
Chegámos ao século da barbárie.

Violência e mais violência... por exemplo, ontem foi condenado na Alemanha a pena perpétua um tipo que

Primeiro agrediu verbalmente uma muçulmana de véu, ela apresentou queixa por racismo...

Depois esfaqueou-a e matou-a no hall do Tribunal.

Isto é demais! Parece que o mundo ocidental, em vez de civilização, se tem tornado numa selva feroz.

Amigos, vamos lá tentar evitar cobras, víboras e não sei que mais!
Eunice a 12 de Novembro de 2009 às 21:15
Cara Eunice,
Muito gosto em ler os seus comentários!

As feras da civilização andam por aí, ó se andam.
MrCosmos a 13 de Novembro de 2009 às 12:51
Sr Cosmos obrigada,
e os seus comentários são relevantes.

Home, também pode escrever como os cagaréues de Avairo... que é lá prós meus lados.

Este nome lembra-me a minha infância, quando eu ia ao quintal buscar braçadas de cosmos para enfeitar a casa...

Agora andamos pelo Cosmos fora a mais de 100 à hora. E este blog é demais!
E assim vamos pelo sonho esperando no que o a Humanidade tem de melhor. Lá ter tem, mas esconde, não é? Só se vê mais o mau!

E mande daí uma braçada de sol!



Eunice a 13 de Novembro de 2009 às 15:28
Efectivamente , tinha comentado a anulação desse jogo aqui, em comentário , a 6 de Outubro.

O cosmeticas é mais rápido que a rtp !

E Viva o Porto !
PortoMaravilha a 13 de Novembro de 2009 às 14:09
Cada vez mais um livro de actualidade !

Nuno

PortoMaravilha a 9 de Janeiro de 2010 às 14:01
Suivent alors les données suivantes :

F. Chaumont a été journaliste chez Beur FM et après chez RFI , avant de diriger la communication du mouvement "Ni putes ni Soumises " jusqu'en 2007.

( Sauf erreur de ma part )

O autor foi jornalista na Beur FM e , em seguida, na Radio France Internationale. Depois dirige a cominicação do movimento nem "Putas mem Submissas" até 2007.

Nuno
PortoMaravilha a 22 de Janeiro de 2010 às 21:59

foto perfil.jpg

pauloc.jeronimo@gmail.com

pesquisar
 
arquivos
2017:

 J F M A M J J A S O N D

2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

Controle de invasão ET
comentários recentes
Merci pour le partagehttp://boomlasers.alzawaia.co...
Hand ball is actually a nice game to watch. I firs...
Children are not good with lies. They doesnt know ...
Woww!!! I am glad you have shared this old picture...
Alors, dit-il,Au Revoir ! , dit-elle. Alexandre O'...
Jovem, apesoado, dotado, submisso, procura homem d...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
.