Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

COSMéTICAS.net

o «ESPAÇO» onde nem tudo o que parece é... música para os ouvidos !?

COSMéTICAS.net

o «ESPAÇO» onde nem tudo o que parece é... música para os ouvidos !?

Peditórios, moedinhas e o almanaque do povo

28.08.09 | Paulo Jerónimo

Comprei-o esta manhã a um jovem rapaz que os acarretava debaixo do braço juntamente com um molho de pensos rápidos, caminhando pela avenida fora. Havia-o fitado ainda a distância, de médio porte, cabelo russo, interpelando os demais transeuntes que pululavam pela Av. Francisco Sá Carneiro em dia de mercado. Pelo que já ia com ela fisgada, de me esquivar deste tipo de peditório, de resto, uma questão de atitude que mantenho para com este género de campanhas, desde que um outro, pedindo por uma outra causa ou instituição qualquer havia sido extremamente mal educado para com a minha cara-metade, que se recusará em participar." Aí coitada! tenho de ir pedir tabém para a senhora..." respondeu-lhe ele com muito mau modo.

 

E já  de pé atrás para me  desviar do dito cujo antes que me visse, a perspicácia de quem anda nisto certamente a algum tempo apanhou-me, duplamente desprevenido. Ofereceu-me o Almanaque que já procurava a mais de um ano, o mítico Borda de Água e com pena de não ter conseguido o de 2009, agarrei logo este para o ano de 2010, não que lhe dê muita importância, mas acho de certo modo castiço, e respeito a acertividade da ciência que este compendio contêm, e que se mantem regular até aos anos de hoje, sendo o guia ainda de gerações, nomeadamente as ligadas as sementeiras, e não só. Uma familiar minha procurava precisamente naquela altura consulta-lo para verificar algo relacionado com as fases da lua e o seu estágio de gravidez, mas paciência, este é de 2010 e só lhe servirá se engravidar novamente para o ano que vêm...

 

Fiquei então com ele a troco de algumas moedas a mais do que o seu 1,50€ que depositei na palma da mão rogosa do jovem agradecido, e logo me bateu na ideia, que já fora numa abordagem parecida que havia conseguido a edição de 2008 que exebia todo satisfeito aqui.

Lembrei-me do Fradique Gouveia Pinto, que frequentemente por aqui passa em "campanhas" identicas e facilmente me convenceu a ficar com alguns livros de poesia de sua autoria e um de poesias populares. Há ainda um rapaz alto, mulato, que traz sempre uns brindes todos catitas para ofertas, a Deficitprodut, Instituição de solidariedade no Porto, com artigos em pele de excelente qualidade fabricados por funcionários que padecem de alguma deficiencia e passam já à vários anos,  ou o Luppus, um jovem Romeno e sua filha, que um dia me apareceu no estúdio quase a súplicar para o deixar trabalhar, que limpava as vidraças a troco do que lhe quisessem oferecer, e desde então tem voltado da zona de Aveiro para aqui, de tempos em tempos, a fazer por aqui a sua volta.

 

Não faz parte do meu feitio andar a bater no peito divulgando as esmolas (passe a expressão) que dou. A questão é que, aversão mesmo, tenho quando me oferecem autocolantes...

 

Agora vou alí ver o que o Borda de Água me reserva para 2010, e já venho.

PS: Parece que as luas não foram as certas nos dias de jogo da nossa Selecção, e então não vamos ao Mundial 2010. ;-) O Queiroz é que devia consultar este almanaque.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Paulo Jerónimo

    30.08.09

    Ena ena, muito nos contas!
    Vantajens da sabedoria serrana.

    Ab, e boa semana!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.