Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

COSMéTICAS.net

o «ESPAÇO» onde nem tudo o que parece é... música para os ouvidos !?

COSMéTICAS.net

o «ESPAÇO» onde nem tudo o que parece é... música para os ouvidos !?

Tetro é Coppola, no seu lado freudiano

03.03.10 | Paulo Jerónimo

 

 

Quando Francis Ford Coppola se assume com os seus trabalhos por ser um realizador desalinhado, que não cede às sobrancerias de Hollywood , e trilha o seu próprio caminho, corre um risco que de todo, agrada a muitos, e é o lamento de outros.

Seu último trabalho, Tetro , acaba por me ser um confirmar da ideia que faço do consagrado realizador:   Coppola não é um contador de estórias para apreciadores de 'leituras leves'.

 

'Tetro'  , apela-nos para uma introspecção, algo mórbida, estilo, diria, freudiana, de como as  emoções reprimidas, a rivalidade, o ódio abafado, a prepotência, ou abuso emocional, dentro das relações familiares, vincam o perfil do indivíduo.

Não serão temas tão populares como fugir à frente de tubarões, aliens, vampiros ou dinossauros. Não provocará a adrenalina inerte nas cenas de explosões,  pancadaria, romance ou calamidades. No fundo, se não mete 'sangue', não seduz as massas. Daí que acabe deslumbrando apenas certos nichos do mercado. Mas esses, são os tais luxos a que se dão certos realizadores, que como Coppola, são de topo. E nestes, Hollywood não manda.

 

MrCosmos

2 comentários

Comentar post