"Muitos psicólogos e muitos psiquiatras demonstraram que não há relação entre o celibato e a pedofilia, mas muitos outros demonstraram que há relação entre a homossexualidade e a pedofilia", disse o cardeal [Tarcisio Bertone], citado pela Reuters." - Salienta uma notícia sobre o tema na ordem do dia de ontem/antes-de-ontem.

 

 

O lobie gay não se fez esperar, e logo quis também esgrimir e ridicularizar o que dissera o N.º 2 do Vaticano. Observe-se por exemplo, aqui:

(JN 2010-04-13, Ana Isabel Oliveira)
Vamos lá desmaquilhar mais este tema repleto de cosméticas... Porque o cerne da questão nesta disputa de argumentos, é outro, e portanto, o que faltou dizer, ou demonstrar  -  com o devido respeito: mais pedófilia, menos pedófilia - é que "O que há, é uma razão lógica entre a homossexualidade e o celibato. No meio disto, existem as vítimas, os mais fracos e inocentes" e nenhum daqueles dois lados, o do Vaticano, ou defesa gay, quis ir por aí... diria eu, pois a menos disso, então ambos agem de má fé, com assuntos melindrosos, porque parto do principio (de certo modo assumido) que os dois lados da barricada sabem (o Vaticano sabe-o, de certeza) mas omitem:
Durante muito, muito tempo, a homossexualidade, que ainda hoje é olhada pela sociedade de qualquer país como contra-natura, e quanto a mim, tem tudo para assim ser olhada, apesar de respeitada, acabou por ser para muitos rapazes que se sentiam oprimidos por tais factos, a descoberta ou o refúgio, empurrão, para a entrada e progressão nos seminários católicos, sendo que à tais pessoas / rapazes, pouco ou nada lhe diria, e custaria inclusive, a regra imposta do celibato. Até daria jeito - justificava-se o porque de não ter, nem nunca se lhe conhecer, mulher ou companheira(s).
Este raciocínio lógico, foi ao que cheguei pelo que me foi exposto por, um Padre, pároco local. Parecendo-me com argumentos, e eventualmente, conhecimento de causa, tão límpidos, cristalinos, quais água benta, essa era a explicação dada à alguns meses poucos, e depois de boas tertúlias, francas e abertas, sobre religião e religiões, e foi o que me justificava ele, perante minha questão colocada, "do porquê", quando as outras religiões - e são imensas as que têm este problema da pedofilia, falei duma delas aqui - o Porquê então de quando as outras religiões se lhes conhecem escândalos de pedofilia, a tendência dos criminosos é basicamente heterossexual, na Igreja Católica, contrariamente a tantas (são mesmo imensas) das demais, a pedofilia praticada é basicamente homossexual.
Eu fiquei esclarecido. o amigo Leitor, não sei.
PC Jerónimo da Silva
por MrCosmos | link do post
música: os destaques a negrito na citação de noticias, são meus.
Não sabia que havia um lobie gay .

Torna a ler o post que fiz sobre a homossexualidade nos guetos . Lol !

Contrariarmente ao que escreves , muitos homens e mulheres casados com filhos optaram, em seguida, pela homosexualidade . Porquê ?

A homossexualidade não é contra-natura . Porque o homem desde as tábuas dos Dez Mandamentos deixou de ser só natura.

O homem é dialéctica entre cultura e natura.

Se o Homem fosse só natura já há muito teria desaparecido como espécie.

Pertence a uma sociedade democratimente adulta julgar os seus cidadãos, não em função das suas crenças, mas dos seus actos.

Nuno






PortoMaravilha a 15 de Abril de 2010 às 22:43
Nuno,
Portugal tornou-se no 8º país no mundo a legalizar o casamento entre pressoas do mesmo sexo, porque para isso trbalhou, e muito, basicamente, um forte lobie gay!

Relê a entrevista do Rui Zink no Jornal do Fundão: Achas que a sociedade portuguesa andava minimamente preocupada em discutir os direitos cívicos gays?
Mais que fazer, responderiam a maioria dos Tugas,e com razão, mas deu jeito ao governo a distração, e um forte lobie gay, sobe-o aproveitar (.)

Relendo o teu comentário com mais atenção, e por muito que nestas coisas gostes de apresentar argumentos mais "dilatados", não é bem assim, e tal :-), eu continuo na minha:
A homossexualidade é contra-natura, e com isto não faço juízos de valores morais (compreende isto), mas olho para a lógica das coisas, com o fiz quando defendi o respeito necessário pelas especificidades "naturas" / hormonais dos sexos, enquanto indevidos, masculinos e femininos, e dessa feita portanto, noutra vertente (no post da efeminação que nada tem a ver com o tema de hoje)

Desta feita, porquê digo que a homossexualidade é contra-natura?
Olhe-se para a lógica das coisas. As coisas são simples, nós é que as complicamos. E digo simples, não que tenham de ser rígidas ou inflexíveis.

Tenham sido concebidos, idealizados ou criados para determinada orientação por alguém (crença do criacionismo), ou tenha sido o corpo humano o resultado da evolução das espécies, (crença do evolucionismo por Charles Darwing) Certo que que o corpo humano e os respectivos ÓRGÂOS sexuais, estão "logicamente" em harmonia para a heterossexualidade, e não para a homo.

Ainda que na pratica da homossexualidade se diga que sim, está lá o prazer, ok, um individuo sozinho também se orienta, ora essa...
Mas na lógica simples das coisas, eu encontro "naturalidade" , e no pleno uso da expressão, é no casamento perfeito e o encontro da sexualidade na forma homem-mulher.
Na forma homo, sim respeite-se, mas a naturalidade dos processos devem ser incomparaveis, não?

Ou seja, respeito, não tenho nada a ver com isso, mas, pá chega! não venham querer vender "gato por lebre", dizer que o lobie e pratica gay é que está certa: Eureca! afinal o planteta gira ao contrario!

Na parte emocional, psicanalista e freudiana da coisa, temos outro debate, mas ao que me referi, foi a parte fisica, contra-natura.

PS: Eu também posso fazer o percurso Leiria-Lisboa, apanhando o sentido ("a mão") e a via correcta, mas com andamento do carro e motor em marcha-à-ré, (provavelmente nem há multas equacionadas para esta situação e tal até pode eventualmente ser legal). Da experiência posso ter retirado alguma adrenalina e prazer, mas o processo foi contra-natura! O motor que o diga...

Pronto, e eis um comment cujos argumentos andam todos "apaneleirados". :-)
E por falar em "paneleirices", está na hora daquele post da "so foot"
às 13:13h...
MrCosmos a 16 de Abril de 2010 às 10:39
Paulo , é um tema dificil esse o da contra natura ou não contra natura .

Um homem e uma mulher tem orgãos destinados à reprodução da espécie. Até aí certo . Mas onde a coisa muda é que a sexualidade já não pode ser reduzida ao simples acto de reprodução .

Porquê ? Não sei responder. Como também não sei responder porque é que os homens são os únicos mamíferos a praticar o culto dos mortos.

Penso que houve uma evolução no homem que o leva a não ser simples natura. Somos também culturais.

Acho que somos hereança genética , culturais ( em função do meio ambiente ) e a adição da herança genetica com o cultural dá um outro espaço que é o do porvir . Somos nós que nos fazemos.

Não deixa de ser curioso que geneticamente somos todos diferentes , exceptuando os gémeos que nascem do mesmo ovo . Mas mesmo estes , verdadeiros gémeos , têm um cerebro diferente. É extrordinário saber que existem tantos cérebros diferentes que quantas pessoas existem no mundo.

No se pode pensar unicamente a relação homo unicamente em termos de sexo , por exemplo. Há uma relação de amor . Pelo que tenho visto. Eu como escrevi no comentario anterior, vi homens e mulheres casados e com filhos divorciarem para irem com uma pessoa do mesmo sexo.

A homesexualiade não é algo novo. Os Gregos assumiam-na . Não foi brilhante a sua civilização ? Há quem escreva que a Europa assenta em dois corpos simples ( Grecia = classicismo e Portugal = barroco

E o que dizer do mito das amazonas ?

Porque é que as mulheres se epilam as pernas e os sovacos ? É ou não um fenómeno cultural ?

Quando visitei Praga ( em 1986 ) vi mulhres muito bonitas e em mimi saia cheias de pelos nas pernas. Fiquei muito surpreendido ... Explicaram-me que era sinal de beleza .

Porque é que há filhos de heteros sexuaias que tem filhos homo ? E vice versa ( não vamos ser hipocritas : a homosexualidade nas familias abastadas sempre existiu livremente em seu seio , em mundo fechado ) .

É um questionamento difícil essa dialectica entre nature e cultura.

Nuno
Estamos de acordo,
é, ou são, grandes e boas complicações.
Podem merecer questionamentos, reflexões, mas acho que não merecem obsessões. Muito menos tabus.

Estamos de acordo, discordando pelo meio.
lá esta, dois cérebros...

Bom fim de semana!
Paulo ,

Certo dois cérebros !

Mas pensar que o Amor não é igual à reprodução é importante !

Que o ser humano é a única espécie que proibiu o incesto como lei universal ( o que muito terá permitido para a não degenerência da espécie ) , que o ser humano é o único a conhecer o culto dos mortos , que o ser humano é o único a fazer uma distinção entre tempo e duração. E que , finalmente, o ser humano é o único que pinta o seu corpo e que o engraça ...

Porquê ?

Não sei responder.

Existe na sociedade Humana uma relação ao Sagrado que é evidente.

Posso não estar de acordo com tudo o que escreves . Mas estou certo que temos essa mesma relação ao ser humano : Nem obsessões, nem tabus.

Abraço ,

Nuno

E pára com essa coisa de bom fim de semana : Amanhã tou de plantão e é sábado ! Lol !

foto perfil.jpg

pauloc.jeronimo@gmail.com

pesquisar
 
arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D

2017:

 J F M A M J J A S O N D

2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

Controle de invasão ET
comentários recentes
Merci pour le partagehttp://boomlasers.alzawaia.co...
Hand ball is actually a nice game to watch. I firs...
Children are not good with lies. They doesnt know ...
Woww!!! I am glad you have shared this old picture...
Alors, dit-il,Au Revoir ! , dit-elle. Alexandre O'...
Jovem, apesoado, dotado, submisso, procura homem d...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
nice work, I can see your point, I can't agree wit...
.